Carrinho de Madeira

K a m a i t a c h i

Compositor: Não Disponível

Acordei, eu acordei
Procurando o azul do céu
E até agora eu não achei
Eu me levantei, me levantei
Olhei pela janela e vi esse tempo frio
Que me fez lembrar você

E me fez lembrar
De toda brincadeira de criança
Que eu já vi você brincar (você brincar)
E me fez sonhar
Com o passado que brincávamos na lama
Sem se preocupar (se preocupar)
Ou só se preocupar
Pra não chegar tão tarde em casa
E perder o jantar

E poder novamente
Dançar na chuva como for
Pintar o céu de outra cor
Fazer com que a semente vire flor

Eu só quero poder, de novo e de novo
Descer o morro, mais alto de todos
Com um carrinho de madeira
E nunca me preocupar com a segunda-feira

Eu só quero poder, de novo e de novo
Descer o morro, mais alto de todos
Com um carrinho de madeira
E nunca me preocupar com a segunda-feira

Eu acordei, eu acordei
Procurando o azul do céu
E até agora eu não achei
Eu me levantei, me levantei
Olhei pela janela e vi esse tempo frio
Que me fez lembrar você

E me fez lembrar
De quando sentávamos na calçada
Com histórias pra contar (pra contar)
Ou imaginar
Que somos como heróis de quadrinhos
Nada pode nos parar (nos parar)
E nada nos parar (nos parar)
Quando fizermos de lençóis capas
Pra poder voar

E poder novamente
Dançar na chuva como for
Pintar o céu de outra cor
Fazer com que a semente vire flor

Eu só quero poder, de novo e de novo
Descer o morro, mais alto de todos
Com um carrinho de madeira
E nunca me preocupar com a segunda-feira

Eu só quero poder, de novo e de novo
Descer o morro, mais alto de todos
Com um carrinho de madeira
E nunca me preocupar com a segunda-feira

Acordei, eu acordei
Procurando o azul do céu
E até agora eu não achei

©2003- 2018 lyrics.com.br · Aviso Legal · Política de Privacidade · Fale Conosco desenvolvido por Studio Sol Comunicação Digital